fotografias da celebração da poesia de Eugénio de Andrade na Porta XIII

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com a casa cheia – o espaço Porta XIII – celebrou-se a poesia de Eugénio de Andrade. Momento de emoção quando, pela voz gravada do poeta, se ouviu o poema “À Mãe”. O sócio António Oliveira, apresentou o poeta e fez a celebração da poesia de Eugénio na sua relação com a Música J.S. Bach, acompanhou a leitura de poemas e as várias perguntas com que a assistência animou o debate. Ficou, da controvérsia, a dúvida: se foi o branco ou o azul a cor preferida do poeta! Uma exposição de quadros (José Rodrigues, Emerenciano, Júlio Resende), e Livros “emendados” pelo autor, de originais de poemas em inúmeras versões, compôs o cenário desta sessão de poesia, a 3.ª, da Porta Treze. Esta exposição permanece até 25 de Fevereiro.

Mais detalhes sobre a sessão aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

  • BATERAM À PORTA E

    • 39.499 ENTRARAM